sábado, 25 de março de 2017

Bairro Jardim de Deus em Santana Sofre pelo abandono do poder publico

O Bairro Jardim de Deus Criado Aproximadamente a 10 anos, que de fato é de Santana de acordo com a lei n° 769/2007 - PMS.


Foto da Avenida da paz do jardim de Deus I

O Bairro Jardim de Deus, esta Localizado as margens da linha Férrea, o bairro ja existe a mas de 10 anos, tendo como base legal a Lei de N° 769/2010 da PMS (Prefeitura municipal de Santana), atualmente no Bairro existe aproximadamente 900 famílias que em media vem a ser aproximadamente 2.000(Duas mil) pessoas sendo este balanço feito pela AMOJADEUS - Associação de Moradores do Bairro Jardim de Deus.



Sem uma infra-estrutura e saneamento básico, os moradores solicitam urgentemente uma visita dos órgãos públicos para toma uma iniciativa em obras e serviços para o bairro, que se encontra esquecido por vários administradores que passam pela Prefeitura de santana.








Foto Vice-Presidente do Bairro Ajeitando a rua.(Helivanilton Ramos)

A Falta de atenção ao bairro é tanto que os próprios moradores se reúnem com a Associação do bairro para fazerem os serviços que são de competência do Município e Estado.
Como Ajeita as ruas que no período de inverno ficam intrafegáveis, e fazer a capina do bairro, pois o mato crescer tanto que fica de difícil o ir e vim das pessoas.



Foto dos Representantes da Associação de moradores do bairro jardim de Deus - AMOJADEUS, a esqueda o Presidente Aimoré Reis e a direita o Vice Helivanilton  Ramos

" Estamos cansados de varias vezes busca o poder publico municipal e não sermos atendidos com os pedidos feito, que são de melhorias para o bairro" declarou o vice-presidente da associação.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Aprovada no AP lei que obriga o troco integral e proíbe balas e chicletes

Pela lei, na falta de cédulas ou moedas, valor do troco será arredondado. Norma proíbe a substituição do troco por produtos sem consentimento.

amapá; macapá; alap; sessão; assembleia legislativa; (Foto: John Pacheco/G1)

O deputados do Amapá aprovaram em sessão na terça-feira (7) projeto de lei que obriga estabelecimentos comerciais do estado a devolverem integralmente o troco do consumidor, sempre que o pagamento for feito em moeda corrente, no ato da aquisição do produto ou serviço.
O projeto de lei aguarda sanção do governador no Amapá. De autoria do deputado Kaká Barbosa, o texto ainda proíbe a substituição do troco em dinheiro por outros produtos, como balas e chicletes, não consentidos, prévia e expressamente, pelo consumidor.
Conforme o projeto, na falta de cédulas ou moedas para o troco, o fornecedor do produto deverá arredondar o valor sempre em benefício do consumidor.
Moedas sumiram dos caixas das lojas em Rieirão Preto, SP (Foto: Reprodução/EPTV) 
Os proprietários dos estabelecimentos comerciais deverão fixar placas informativas que reproduzam o conteúdo da lei, em local visível, onde ocorram os recebimentos ou pagamentos em dinheiro, segundo estabelece a norma. A placa deve ter dimensão mínima de 20 centímetros por 30 centímetros.
"O projeto tem a finalidade de fazer cumprir em todo o território do estado, os direitos que todo consumidor tem, de receber seu troco, em qualquer compra ou serviços utilizados. Na falta, o preço do produto ou do serviço deverá ser arredondado, sempre em benefício do consumidor”, reforçou o deputado Kaká.
FONTES: G1 AMAPÁ

segunda-feira, 6 de março de 2017

Deputada do Amapá reforça ação social em prol de detentas

Luciana Gurgel reforça ação social em prol de detentas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sentado
Na foto a deputada estadual Luciana Gurgel

A deputada estadual Luciana Gurgel (PMB) está mobilizando sua militância, amigos, familiares e internautas para reforçarem a campanha de arrecadação de calças jeans e produtos de beleza e higiene pessoal.

A Ação faz parte do projeto “Rosa Mulher” idealizado pela parlamentar com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (SETE)
Todo o material arrecadado será entregue no dia 07 de março na penitenciária feminina, onde será realizada uma tarde de embelezamento, serviços de higiene bucal, oficina de artesanato e massoterapia.
Resultado de imagem para mulheres presas


Para Luciana Gurgel, a campanha é uma forma singela de contribuir com mulheres privadas de liberdade e que não podem ser esquecidas pela sociedade uma vez que, a ressocialização se faz necessária.

A imagem pode conter: 1 pessoa
“Essa campanha deve acontecer todos os anos no mês de março dedicado às mulheres- extensiva a outros seguimentos porque nós queremos de forma simples, prestar uma homenagem a todas as mulheres, todos os seguimentos, aquelas que tem um papel fundamental na família e na sociedade”, declarou a deputada.

Os pontos para doação: SETE, SINE Macapá e Santana, Super Fácil- Zona Norte.
Horário: 8h às 11h